Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

Santa Bárbara, luminosa...

Esta é uma frase de uma reza que minha mãe encetava logo que se adivinhavam os primeiros sinais de uma trovoada... E de cada vez que visito a cidade com o mesmo nome, esta mesma frase assume para mim um novo e renovado sentido.

Há 2 semanas atrás, quando fui mais o Husband à cidade de Santa Bárbara, aqui na Califórnia, para assistir ao concerto da Mariza, lamentei o facto de apesar de tudo, não irmos lá tantas vezes como as que eu desejaria ir e tantas como as que na realidade estão ao nosso alcance. Ontem, no seguimento dessa minha conversa, e por sugestão do Husband fomos lá passar o dia. À primeira vista, admito que não fiquei muito entusiasmada com a sugestão, e não foi porque não desejasse ir, mas sim porque me estava mais a apetecer lá ir passar a noite, em vez de lá ir passar o dia!... Apetecia-me antes fazer um programa nocturno, tipo jantar, ir a um bar, a um clube dar um pezinho de dança... Mas como sei de antemão que esse tipo de programa com o Husband não é muito viável pois ele não é de todo um "animal nocturno", decidi aceitar a sugestão e o contive, tal como eles se apresentavam. Afinal temos mais é de tentar viver felizes com aquilo que temos, não é?...  

E o que interessa neste caso é que no final das contas eu acabei por passsar um dia muitíssimo agradável. Quando lá cheguei, a memória reavivou-se-me, e lembrei-me de que afinal a cidade de dia, tem a mesma vitalidade e a mesma energia que tem à noite!... As esplanadas e os restaurantes lotados, as ruas cheias de gente, os mesmo lugares interessantes para visitar... E como bónus ainda temos o sol e a brisa leve e morna que nos convidam a caminhar pelas ruas principais da cidade, ruas estas que acabam por ir desaguar numa imensa praia de areias douradas, orlada em toda a sua extensão por um passeio largo todo ele por sua vez contornado a palmeiras!... E é nesse ponto mágico, onde o mar se encontra com a cidade e com ela se junta numa união harmoniosa e perfeita, que Santa Bárbara se revela em toda a sua majestade e beleza...  E é a beira desse oceano Pacífico de águas azuis e claras, tendo ao mesmo tempo como pano de fundo e testemunha, a cidade de que tanto gosto, que eu me rendo, e aceito a minha pequenez perante tamanha obra prima da natureza!!... E nesse preciso instante eu acredito... Acredito que só mesmo uma força superior poderia um dia ter tido  a inspiração para criar um lugar como aquele e ali deixá-lo como oferenda, para regalo de nossos olhos e alimento do nosso espírito!... Vem-me aí então à memória a prece de minha mãe, e começo a rezar baixinho a reza que com ela aprendi ... Santa Bárbara luminosa, tão linda como um rosa...

Jo

Hoje sinto-me: Divinamente iluminada
Catálogo de vôos: , ,

Joanina (sem agá), sou eu!

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Santa Bárbara, luminosa.....

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

blogs SAPO