Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Vendaval

Ó vocês, às vezes ( na maior parte delas) eu não percebo estes "amaricanos" da Califórnia...!! Eles são umas pessoas simpáticas e tal, mas definitivamente são também assim meio para o diferente Então não querem ver, que de há dois dias para cá, está nesta Lompoc, e pelo que ouvi nas notícias, na maior parte das cidades costeiras do estado, uma ventania medonha!!! É que não se imagina!!... Isto que se tem feito sentir são autênticos ventos ciclónicos!! Eu, que sou uma rapariga das ilhas, sei bem o que são ventos ciclónicos, e estas rajadas, não tem outro nome que se lhes chame!... Anda tudo pelos ares... Ramos de árvores, tampas de caixotes do lixo, os próprios caixotes do lixo, sacos plásticos, papelões, bocados de madeira que cá p'ra mim devem ser estas casas de pau a pique já a esborralherem-se...  Home', anda tudo num rodopio!!... E mais!... Um camião foi arrastado pela força do vento numa ponte,  E, nessa mesma ponte, um barco de pesca foi levado pela corrente e ficou debaixo dela todo entaladinho!!... E esta gente... Nada!!!... Todos muito descansados, e até fazem graçolas a respeito, nos telejornais!!!... Mas depois, se pressentem que vai chover, entram todos em pânico, é um pandemónio, levam a anunciar com uma semana de antecedência que vem aí uma "tempestade", põem sacos de areia nas bermas das estradas por causa das cheias que aí vem  (dizem eles), e depois... Caem uns choviscos!!...

Home, vai-se lá perceber esta gente!!... Eu cá só me apetece é dizer como o outro dizia: fakeíu, sanababich!!!! (com licença da expressão e sem ofensa para terceiros, é claro!)

Jo

Hoje sinto-me: No centro de um vendaval
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 05:05

link do post | bote palavra | ver palavra botada (6) | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

Santa Bárbara, luminosa...

Esta é uma frase de uma reza que minha mãe encetava logo que se adivinhavam os primeiros sinais de uma trovoada... E de cada vez que visito a cidade com o mesmo nome, esta mesma frase assume para mim um novo e renovado sentido.

Há 2 semanas atrás, quando fui mais o Husband à cidade de Santa Bárbara, aqui na Califórnia, para assistir ao concerto da Mariza, lamentei o facto de apesar de tudo, não irmos lá tantas vezes como as que eu desejaria ir e tantas como as que na realidade estão ao nosso alcance. Ontem, no seguimento dessa minha conversa, e por sugestão do Husband fomos lá passar o dia. À primeira vista, admito que não fiquei muito entusiasmada com a sugestão, e não foi porque não desejasse ir, mas sim porque me estava mais a apetecer lá ir passar a noite, em vez de lá ir passar o dia!... Apetecia-me antes fazer um programa nocturno, tipo jantar, ir a um bar, a um clube dar um pezinho de dança... Mas como sei de antemão que esse tipo de programa com o Husband não é muito viável pois ele não é de todo um "animal nocturno", decidi aceitar a sugestão e o contive, tal como eles se apresentavam. Afinal temos mais é de tentar viver felizes com aquilo que temos, não é?...  

E o que interessa neste caso é que no final das contas eu acabei por passsar um dia muitíssimo agradável. Quando lá cheguei, a memória reavivou-se-me, e lembrei-me de que afinal a cidade de dia, tem a mesma vitalidade e a mesma energia que tem à noite!... As esplanadas e os restaurantes lotados, as ruas cheias de gente, os mesmo lugares interessantes para visitar... E como bónus ainda temos o sol e a brisa leve e morna que nos convidam a caminhar pelas ruas principais da cidade, ruas estas que acabam por ir desaguar numa imensa praia de areias douradas, orlada em toda a sua extensão por um passeio largo todo ele por sua vez contornado a palmeiras!... E é nesse ponto mágico, onde o mar se encontra com a cidade e com ela se junta numa união harmoniosa e perfeita, que Santa Bárbara se revela em toda a sua majestade e beleza...  E é a beira desse oceano Pacífico de águas azuis e claras, tendo ao mesmo tempo como pano de fundo e testemunha, a cidade de que tanto gosto, que eu me rendo, e aceito a minha pequenez perante tamanha obra prima da natureza!!... E nesse preciso instante eu acredito... Acredito que só mesmo uma força superior poderia um dia ter tido  a inspiração para criar um lugar como aquele e ali deixá-lo como oferenda, para regalo de nossos olhos e alimento do nosso espírito!... Vem-me aí então à memória a prece de minha mãe, e começo a rezar baixinho a reza que com ela aprendi ... Santa Bárbara luminosa, tão linda como um rosa...

Jo

Hoje sinto-me: Divinamente iluminada
Catálogo de vôos: , ,
Sábado, 28 de Março de 2009

"Melher" prevenida vale por duas

Nestes últimos dias o sul da Califórnia tem sido assolado por uma série de pequenos sismos que se têm feito sentir ao longo da Falha de Sto André, a falha geológica que se prolonga por 1290 km ao longo de todo o estado, e que é conhecida por provocar grandes terramotos na zona, como por exemplo o terramoto que destruiu a cidade de S. Francisco, em 1906.

Dizem os cientistas que devido à actividade sísmica recentemente produzida na referida falha, há uma (muito) pequena chance de nos próximos 5 dias ocorrer por estas bandas, um sismo com magnitude superior a 7 graus na escala de Richter.

Eu estou bastante tranquila, pois sou das ilhas e toda a minha vida fui embalada com a realidade de ter de viver com sismos... E para além do mais, se isto for como as tempestades de chuva que estes "amaricanos" da Califórnia prevêm, prevêm, e depois...  Chovem uns chuviscos durante meia-hora(!!), então aí é que não tenho mesmo nada a recear!!... De qualquer forma, "melher" prevenida vale por duas", e já botei à mão de semear, a "parafenália a levar comigo em caso de emergência".

Jo

 

A Parafenália** - Foto da Jo

 

**Depois da catástrofre que foi o furacão Katrina, tenho sempre preparado este kit de emergência, com mala de primeiros socorros, água, alguma roupa para mim e para o Husband, uma manta de agasalho, produtos básicos de higiene, um foco e pilhas, alguma comida enlatada, e claro está, como não podia faltar, a "tralha" do Martim! ;) 

 

(O estado da Califórnia tem 99% de chances de sofrer um forte terramoto nos próximos 30 anos, apontam os estudos) 

 

Hoje sinto-me: Tranquila... Mas prevenida
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 15:30

link do post | bote palavra | ver palavra botada (2) | favorito
Domingo, 22 de Março de 2009

Só para que conste

Bill Maher, no espectáculo de ontem à noite: informal, corrosivo, inteligente, actual, bastaaaaaante político, e muito, muito divertido!

Santa Bárbara, well, no more doubts... Uma (a minha!) cidade de sonho...

Jo 

 

Arlington Theater - Santa Bárbara, CA (foto retirada da net)

 

Esta é uma foto do interior do teatro aonde ontem à noite teve lugar o espectáculo a que assisti. O Arlington Theater é uma das mais emblemáticas e importantes sala de espectáculos da cidade de Santa Bárbara, senão a mais importante. O seu exterior imponente foi construído de forma a que pareça um castelo, e o seu interior a que nos dê a sensação de estarmos, em plena noite de Verão, sentados numa plaza, debaixo de um imenso céu estrelado!... Simplesmente deslumbrante este espaço, que todos os anos em Janeiro, é palco de um dos mais importantes festivais de cinema do país, o Festival Internacional de Cinema de Santa Bárbara.

 

Hoje sinto-me: Deslumbrada
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 19:11

link do post | bote palavra | ver palavra botada (4) | favorito
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Outra que parece mentira, mas que também é verdade

E que até sinto assim como que um custozinho de a dizer...

Eu não sei se ainda se lembram mas ontem foi o dia do dito jantar para o qual eu estava convidada, aquele com o Associação dos Descendentes dos Portugueses de Lompoc... Quanto a isso, uma maravilha, correu muito bem, e eu e o Husband gostamos muito! Fui recebida com o calor humano que eu já esperava, e conheci ainda mais pessoas, algumas até mais novas, emigrantes de 3ª geração, e também seus filhos e netos. Feitas as contas estavam naquela sala crianças que são os representantes da 5ª geração de emigrantes Açorianos que se fixaram aqui nesta parte central da Califórnia!

Embora o ambiente fosse muito informal, e como e óbvio, digamos que bastante "americanizado" (passo a espressão), eu pude reconhecer ainda certos pormenores mesmo típicos da boa maneira de receber portuguesa... As mesas muito bem postas, tudo muito ordenado e limpo, a mesa de buffet bem organizada, enfim, coisinhas nossas, pequeninas, que fomos vendo e aprendendo nas nossas casas, e que depois carregamos connosco e nos identificam, fazendo com que nos reconheçamos uns aos outros, para onde quer que vamos. (enterneceram-me estas pessoas!) 

Outra coisa muito interessante que pude constatar, foi o facto de que os primeiros descendentes nascidos aqui, aqueles já de idade mais avançada, (e esses sim os filhos dos primeiros emigrantes Açorianos que vieram viver para esta zona), quase todos eles ainda têm nomes portugueses: Inês, Eva, António, Augusto... Depois os filhos deles é que então já são as Donnas, as Leslies, os Johns e os Josephs e por aí fora... (e como até é natural que o sejam!).

Durante o jantar, também tive a oportunidade, e o prazer de conhecer o "famoso" senhor Cabral, que é a pessoa que cá no sítio confecciona a linguiça portuguesa, e que acumula também o cargo  de "mestre das funções"... Ou por assim dizer, a pessoa que faz as Sopas do Espírito Santo, nos eventos que a Associação organiza. Este é outro facto muitíssimo interessante se pensarmos, e consideramos, que os avós deste senhor é que eram verdadeiramente açorianos... Os pais dele são nascidos nos States, e passaram ao filho as tradições, que por sua vez já tinham aprendido com os seus pais... E ele, por sua vez eu espero, que as passe à mão cheia de crianças que andavam a correr lá pela sala.

Só me falta acrescentar, a título de curiosidade,  que durante o jantar de ontem só se falou inglês... O único presente que falava português, era o sr. Augusto, um velhinho amoroso!,  mas que me disse logo que apenas falava o português em ocasiões especiais... E pelos vistos,  e segundo os critérios do sr. Augusto, o jantar de ontem não era uma dessas ocasiões.

Mas, e voltando ao início deste post... O que eu vos quero dizer e que é a tal coisa que estou com um certo custo de deitar cá para fora, é que, depois de andar aqui no Bloguezi cheia de restrições, condições, cuidados e fricotes, a pedir que me ajudassem, "pomôrdês", a escolher um prato que se adequasse a idade da maioria dos meus anfitrões, eu resolvi, nem mais nem menos, levar... Feijoada. Hã, não perceberam?... Então eu vou dizer mais altinho... Levei feijoada!!!!!!...

Oh pah, eu sei... Esta até parece mentira... Mas a culpa foi das "outras"*, que depois via Skype, me fizeram uma lavagem cerebral, e começaram a dizer que era uma das minhas especialidades, e uma coisa que faço tão bem, e que louvado seja Deus porque é que não levas, e patati patatá, e pronto, já se sabe que eu falo, falo, mas depois elas é que me governam a vidinha (quase) toda... Moral da história: Lá fui eu atrás das cantigas delas...

Bom, mas temos de admitir que feijoada pelo menos  cumpria com um dos critérios de escolha: não tem ossos e é uma comida molinha... Portanto o meu problema com as "braces"** dos velhinhos, não se pôs... Vá lá!... Quanto ao resto dos critérios, principalmente o de ter de ser uma comida leve... Pois esse passou assim um bocadinho ao lado... Mas o que interessa dizer é que até à hora em que eu me retirei da sala, os comensais estavam todos muito bem dispostos e pareciam-me de saúde... Quanto ao que se passou depois, bom, isso agora é que eu já não sei... E nem sei se quero saber!!... 

Antes de terminar, e para falar verdade, uma coisa eu tenho  que dizer... É que as "outras" até tiveram a sua razão... A dita Feijoada foi mesmo um sucesso!!!... Comeram, repetiram, e ainda quiseram dividir por todos o que restou, e levar para suas casas!... Se hoje então estão a Eno ("pozes" para a digestão), e a Pankreoflat (tablets para os gases), pois... Olha, hão-de ter paciência, que eu e o Husband somos novos, e também estamos!... 

Ô feijoadazinha boa... E poderooosa...!!!!

Jo

 

Feijoada da Jo - Receita a publicar posteriormente

 

 Legenda:

* "as outras" =  

** "braces" = próteses dentárias

Hoje sinto-me: A digerir
Catálogo de vôos: , , , , ,
Palavra de Joanina às 04:17

link do post | bote palavra | ver palavra botada (6) | favorito

Joanina (sem agá), sou eu!

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Depois da tempestade

Flower Fest

Carpinteria

Olhá fruta, freguesa!

The Fray - Live in concer...

Vendaval

Santa Bárbara, luminosa.....

"Melher" prevenida vale p...

Só para que conste

Outra que parece mentira,...

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

blogs SAPO