Terça-feira, 14 de Outubro de 2008

São rosas, senhores, são rosas!!!

 

 

O CULTIVO DAS ROSAS 

 

I

Sou filha-de-ninguém no dia a dia

Mas trago o "sangue bom" dos meus avós

E mesmo nada tendo, eu tenho "voz"!

(desculpem-me a vaidade, a ousadia...)

 

Sou filha-de-ninguém, mas sou poeta!

Canto  passar das horas neste mundo

E, enquanto cantar, não vou ao fundo!

É esta a minha glória mais secreta...

 

Eu, filha-de-ninguém, protejo a vida,

Encontro-me onde a sorte foi perdida,

Saboreio, ao segundo, a caminhada,

 

Dou tudo o que em mim há (sou generosa...),

Acredito no "ser", cultivo a rosa

Que vos alegra e não vos pede nada!

 

II 

Cultivo a minha rosa à luz da lua.

O sol nem sempre vem, nem sempre aquece...

Cultivo a rosa e a rosa não se esquece,

Responde: - És de ninguém? Que sorte a tua!

 

Nós, filhos-de-ninguém, criamos laços

E agradamos (ou não...) a toda a gente...

Mas trazemos connosco esta semente

Que transforma os olhares em mil abraços!

 

Temos `spinhos, é certo,e quantas vezes

Usamos, sem pensar, essas defesas

P`ra preservar a nossa própria vida...

 

Dá-nos o mundo amor, dá-nos revezes,

Faz de nós predador`s ou faz-nos presas,

Mas nunca de alma fraca e já vencida!

 

 

À Natália Correia

 

À Joanina

 

À Azoriana, pela açorianidade e pelo nome da rosa

 

12 de Outubro de 2008

Maria João Brito de Sousa in Poetaporkedeusker

 

Há coisas, que definitivamente nos tocam no fundo da alma e nos deixam sem palavras... Esta, foi uma delas. A poetisa Maria João Brito de Sousa, dedicou-me estes belíssimos sonetos de sua autoria! E não só me os dedicou, como ainda achou que eu era merecedora de partilhar essa dedicatória com outras duas poetisas que eu tanto admiro: a Natália Correia, e a Rosa Silva - Azoriana.

Já aqui tive oportunidade de falar na Maria João, e no seu blog Poetaporkedeusker, do qual sou frenquentadora assídua, assim bem como também de referir que sou grande admiradora do talento e da personalidade desta que considero uma grande poetisa portuguesa. A Maria João é neta de um outro grande poeta português, António de Sousa, e tal como o seu avô, ela reveste a sua poesia de grande beleza, arte e sensibilidade.

Egoístamente, eu sei, às vezes chamo-lhe a Minha Poeta, mas o que eu sinto na verdade é que ela merecia, e devia!, ser A Poetisa de Todos Nós! Os sonetos dela, e toda a sua poesia, merecem ser cada vez mais e mais conhecidos e divulgados, pois constituem uma mais valia para a poesia que se faz em Portugal... Mas irónica e infelizmente, esta mulher que é portadora deste enorme talento, ainda não tem nenhum livro publicado!! Espero sinceramente que em breve essas portas se abram para ela, para que aí então, todos nós possamos guardar em nossas bibliotecas, e para a posteridade, o tesouro que será possuir um livro de sua autoria!

Minha Poeta, agradeço-te do fundo do coração e dou-te a saber que para mim constituí uma enorme honra a dedicatória que me fizeste... A minha rima escrita é pobre, por isso nem me atrevo... E por ser assim é que prefiro terminar com um excerto dos teus sonetos, e fazendo minhas as tuas (belas) palavras, eu te digo:

 

 

"Nós, filhos-de-ninguém, criamos laços

E agradamos (ou não...) a toda a gente...

Mas trazemos connosco esta semente

Que transforma os olhares em mil abraços!"

 

Para ti, o meu abraço!

Jo

 

Catálogo de vôos: , , , ,
Palavra de Joanina às 03:48

link do post | bote palavra | ver palavra botada (3) | favorito

Prémio

 

[blogvicia.jpg]

 

Mais um prémio... Desta vez um prémio viciante e foi atribuido aqui ao bloguesi, pelo meu caro colega blogger Apocalypsus, do blogue Receitas & Cozinhados d' O Cozinheiro da Treta!!

Obrigada Apocalypsus!... E já agora deixe que lhe diga: O seu blog também vicia... E muito!! ;)

Jo

Hoje sinto-me: Viciada
Catálogo de vôos: ,
Palavra de Joanina às 03:48

link do post | bote palavra | favorito
Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008

O velho, o rapaz e o burro - Nova Versão

A propósito do meu post "O velho, o rapaz e o burro", a poetisa Clarisse Barata Sanches escreveu no seu blog, Cânticos da Beira, o seguinte:

 

Sabe daquela história do burrinho?!

Velha lição que ainda estou lembrada!

Um velho e um rapaz vão p'lo caminho

A pé e o burro não carrega nada.

 

                          Criticam, e o velhote volve ao neto:

                          -Monta no burro, tu, agora, ó Zé.

                          Passsa gente que diz: - não é correcto

                          Ir o rapaz no burro e o velho a pé.

 

Monta o velhinho, mas ouviu-se, então:

-Meu Deus! Pobre criança atrás a andar

 E todo repimpado o ancião

Que bem podia ainda caminhar.

 

                          O Velho diz: - rapaz sobe também,

                          E lá vão p'la estrada os dois montados,

                          Até que, de caminho, diz alguém:

                         -Apeiem-se crueis, desnaturados!

 

Descidos diz o velho: - olha, vamos,

Como dantes a pé que o mundo vão

Não se cala por mais que nós queiramos,

Ninguém, mesmo ninguém nos dá razão!

 

                   Ao burro chamam hoje guerrilheiro

                   E o velho mais precisa descansar.

                   Pra que não pegue o mal ao mundo inteiro,

                   Queremos o rapaz a governar!

 

9 de Outubrode 2008

Clarisse Barata Sanches in Cânticos da Beira

 

Devo dizer que é para mim uma honra, e muito me lisonejia, saber que um post meu serviu de fonte de inspiração a esta poetisa portuguesa que considero de grande excelência. É com muito prazer que aqui divulgo as suas quadras, e aproveito esta oportunidade para publicamente agradecer a atenção e o carinho que ela sempre me dispensa, a mim e ao meu blog.

Obrigada D. Clarisse!... E juntando a minha voz a sua, consigo canto:

QUEREMOS O RAPAZ A GOVERNAR!

Jo

 

Palavra de Joanina às 03:00

link do post | bote palavra | ver palavra botada (6) | favorito
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Mais uma leva de prémios

Estes 2 prémios foram-me gentilmente atribuídos pela Bichana do Quimeras Mil. Agradeço o carinho, e ofereço-os a todas as mulheres que diáriamente, ou não, aqui passam pelo Blog da Joanina.

 

 

Por sua vez o Prémio Blog de Ouro, mais uma vez foi atribuído aqui ao bloguezi... Desta feita foi pelo Apocalypsus do Receitas & Cozinhados do Cozinheiro da Treta.

[blog_de_ouro.jpg]

Confesso que ando deveras excitada com a repetida atribuição deste prémio... É que com tanto "ouro" que me tem sido "entregue", estou aqui, estou suficientemente "rica" para resolver a crise económica que se vive aqui nos States!! ;)

 

Aos dois colegas bloggers que fizeram a amabilidade de destacar aqui o bloguezi e a minha pessoínha com tão belos prémios, deixo o meu muito obrigada.

Jo

 

Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 03:00

link do post | bote palavra | ver palavra botada (1) | favorito
Sábado, 4 de Outubro de 2008

O Blog da Joanina apoia esta causa... E você? - Part II

Este pequeno mas ternurento filme faz parte da campanha de apoio e solidariedade que o Marco Aurélio, do Propaganda & Arte e da TRADE, tem vindo a desenvolver com o intuito de ajudar a  Focinhos & Bigodes  que, para quem ainda não conhece, é uma associação que em Portugal, se dedicada à recolha e abrigo de cães abandonados e maltratados. 

É com enorme prazer que mais uma vez, através do Blog da Jo, eu me associo a essa campanha, e, já agora, aproveito também para dar a saber que a mesma já deu frutos!!... A minha irmã Girassol, através dos trabalhos do Marco que eu tenho vindo a divulgar, teve conhecimento do trabalho da F&B, e ficou bastante sensibilizada. Na impossibilidade (geográfica) de adoptar um animal, fez o bonito gesto de apadrinhar um dos cães que neste momento se encontra a viver nos canis da referida associação. Para quem não puder adoptar, mas de alguma forma quiser contriubir e ajudar, esta é mais umas das formas que tem de o fazer: O Apadrinhamento. Para mais informações sobre este assunto, consulte o blog da Focinhos & Bigodes.

Obrigada Girassol por com o teu gesto te associares à campanha! Obrigada Marco pela perseverança e abnegação em ajudar a F&B e os seus "protegidos"!

Jo

 

Hoje sinto-me: Solidária
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 04:14

link do post | bote palavra | ver palavra botada (4) | favorito

Joanina (sem agá), sou eu!

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Destaque

Gosto de ti...

I'm home!!!!

Não há duas sem três

Mais ouro!!!

São rosas, senhores, são ...

Prémio

O velho, o rapaz e o burr...

Mais uma leva de prémios

O Blog da Joanina apoia e...

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

blogs SAPO