Quarta-feira, 16 de Março de 2011

Um dia

Um dia, eu gostava de ter a determinação, a abnegação e a coragem necessárias, para deixar tudo para trás, pôr a minha vida e o meu "eu" numa prateleira,  meter meia dúzia de coisas na sacola, e ir ajudar a amainar as dores do mundo.

 Japão (imagens retiradas da net)

 

Catálogo de vôos: ,
Palavra de Joanina às 00:21

link do post | bote palavra | ver palavra botada (2) | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

Resoluções de Natal

Esqueçam as árvores de Natal, as casas decoradas a preceito e as prendas!!! Esqueçam os licores, os bolos de fruta, o bacalhau com natas, os perús recheados e as mesas fartas! Esqueçam as vaidades, os luxos e as ostentações! Esqueçam as futilidades, os mal-entendidos, as guerras e as vidas fictícias!... 

Mas não esqueçam qual o verdadeiro significado desta época! Não esqueçam que em todas as noites de Natal nasce um Menino quem vem ao mundo para nos salvar! E que em todas as noites de Natal, esse gentil Menino nos dá a oportunidade de renascermos com Ele!

Que hoje, em nossos corações, nasça de novo a esperança e a paz, a alegria nas pequenas coisas da vida e o amor pelo próximo, os sonhos e a vontade de nos tornarmos pessoas melhores! Que esta sim, seja a noite das nossas resoluções, e cada um de nós se proponha a mudar (para melhor) pelo menos uma coisa na sua vida.

Que hoje, em nossos corações, volte a renascer o VERDADEIRO Espírito de Natal. E que, mais uma vez, e em vão, não deixemos que nasça o Menino!

Jo

 

FELIZ NATAL!!!

Catálogo de vôos: ,
Palavra de Joanina às 16:15

link do post | bote palavra | ver palavra botada (4) | favorito
|
Sábado, 11 de Dezembro de 2010

Não venhas sentar-te à minha frente, nem a meu lado

Não venhas sentar-te à minha frente, nem a meu lado;
Não venhas falar, nem sorrir.
Estou cansado de tudo, estou cansado
E quero só dormir.

Dormir até acordado, sonhando
Ou até sem sonhar,
Mas envolto num vago abandono brando
A não ter que pensar.

Nunca soube querer, nunca soube sentir, até
Pensar não foi certo em mim.
Deitei fora entre ortigas o que era a minha fé,
Escrevi numa página em branco, «Fim».

As princesas incógnitas ficaram desconhecidas,
Os tronos prometidos não tiveram carpinteiro
Acumulei em mim um milhão difuso de vidas,
Mas nunca encontrei parceiro.

Por isso, se vieres, não te sentes a meu lado, nem fales,
Só quero dormir, uma morte que seja
Uma coisa que me não rale nem com que tu te rales –
Que ninguém deseja nem não deseja.

Pus o meu Deus no prego. Embrulhei em papel pardo
As esperanças e ambições que tive,
E hoje sou apenas um suicídio tardo,
Um desejo de dormir que ainda vive.

Mas dormir a valer, sem dignificação nenhuma,
Como um barco abandonado,
Que naufraga sozinho entre as trevas e a bruma
Sem se lhe saber o passado.

E o comandante do navio que segue deveras
Entrevê na distância do mar
O fim do último representante das galeras,
Que não sabia nadar.


Fernando Pessoa

  

     Mulher de Cabelo Amarelo - Pablo Picasso (foto retirada da net)

 

 

Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 04:30

link do post | bote palavra | ver palavra botada (1) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

33

Hoje eu chorei trinta e três vezes. Trinta e três vezes eu chorei, uma por cada mineiro resgatado das minas de Copiano, no Chile. 

Hoje eu percebi que por muito que a vida às vezes nos pareça um buraco escuro, esquecido nas profundezas da terra, se soubermos manter a resiliência e a esperança, mais tarde ou mais cedo Algo virá em nosso auxílio e os nossos olhos de novo voltarão a ver a luz do dia.

Jo

  

 

 

Catálogo de vôos: ,
Palavra de Joanina às 04:19

link do post | bote palavra | ver palavra botada (1) | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Cool Hand Luke

Cool Hand Luke é um polidáctilo e foi uma das recentes "aquisições" do local onde trabalho, para quem não sabe, a VIVA.  E não, a VIVA não mudou de ramo e nem se dedicou agora a acolher criaturas estranhas!! O Luke é efectivamente um gato, só que possuí a particularidade de ter 6 dedos nas patas dianteiras, em vez dos 5 dedos que são habituais na espécie. Não se sabe bem porque tal sucede, mas o facto é que esta é uma mutação que acontece com relativa frequência na população felina do continente americano. Na Europa (à excepcao do Sudoeste da Inglaterra), embora exista é mais rara, pois no tempo da Inquisição, a maior parte dos felinos possuidores desta característica, foram exterminados por se acreditar que eram criaturas com poderes demoníacos. A título de curiosidade resta ainda acrescentar que estes patuscos bichanos são também conhecidos como os "gatos de Hemimgway" pois conta-se que ao escritor do mesmo nome foi oferecido um polidáctilo, dando esse gato origem, na ilha de Key West onde vivia o Prémio Nobel da Literatura, a uma população de gatos com essa característica, dos quais a descendência ainda hoje deambula pelos jardins da casa/museu.

Mas voltando ao Luke... Chegou à VIVA magro, assustado e de pêlo baço. Foi trazido de uma colónia de gatos ditos selvagens, e em princípio vinha só para ser castrado e depois libertado de volta ao lugar a que pertencia. Mas quis o destino que fizesse uma reacção alérgica à anestesia e que tivesse de permanecer uns dias na enfermaria da referida associação, onde cedo se veio a descobrir que no final das contas Cool Hand era dono de uma personalidade dócil, cativante e muito engraçada!!... Decidiu-se então que passaria a fazer parte dos residentes do gatil. 

Durante 2 meses tratei dele com todo o cuidado e carinho. Brinquei com ele, dei-lhe colo e mimo, ensinei-o a confiar nas pessoas... Sei qual a comida que gosta, o seu brinquedo preferido, o tapete ao sol que escolhe para dormir a sesta.  Modéstia à parte e sem querer tirar o mérito aos demais, em (grande) parte graças a mim, o Luke de hoje, nada tem a ver com o o frágil e indefeso gatinho de algum tempo atrás. Está forte, saudável, bonito, de pelagem brilhante... E é feliz, brincalhão, meigo e vivaz ao mesmo tempo. 

Nesta profissão (missão) a que me dedico,  posso dizer que gosto de todos os gatos por igual e a todos eles tento dar o melhor de mim ao tratá-los o melhor que sei e  posso, mas mentiria se não admitisse que Cool Hand ganhou um lugar especial no meu coração e na minha vida... Imaginei-o meu, na minha casa a viver comigo o resto da sua vida. Mas a verdade é que infelizmente as circunstâncias actuais da minha vida não me permitem ter mais um gato, assim como é verdade também, devo dizer, que me foi dada pelos dirigentes da VIVA, a opção de o "apalavrar", o que faria com que ele, por um determinado período de tempo, não fosse adoptável por outro alguém que não eu. Mas achei que não seria justo e que era um egoísmo da minha parte deixar arrastar uma situação que não teria a certeza de quando, e se sequer, se viria a concretizar num futuro mais ou menos breve, privando assim o Luke de ter uma casa e um dono que a ele se dedicasse, e lhe desse uma boa vida, a vida que ele merecia. Por assim dizer pensei no melhor para ele, pois acredito e defendo que é o que devemos fazer nestes casos. Embora me custasse, todos os dias quando saía do gatil, eu me despedia dele desejando-lhe sorte, pois não sabia se no outro dia ainda lá estaria. No meu coração e na minha mente, e porque sabia que o Luke era especial, tinha a consciência que um dia em breve alguém nele repararia e por ele, tal como eu, se apaixonaria. Esse dia foi hoje.

Jo

 

(foto da Jo)

Have a sweet life (my sweet cat) Cool Hand Luke!

 

Hoje sinto-me: (egoistamente) Triste
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 02:45

link do post | bote palavra | ver palavra botada (23) | favorito
|

Joanina (sem agá), sou eu!

Carimbo de vôo:

O Blog da Joanina
Selo

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

Horas de vôo:

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Um dia

Resoluções de Natal

Não venhas sentar-te à mi...

33

Cool Hand Luke

Human Nature

P'RA CIMA!

Ser Feliz... Apesar de tu...

A Concha

O que amamos está sempre ...

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

Madrinha de vôo:

Azoriana Blog
Azoriana Blog

Carta de vôos:

Vôos contados:

inteliture.com
search engine optimization
Creative Commons License
O Blog da Joanina está licenciado sob uma Licença Creative Commons.
blogs SAPO