Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Sugestão para o jantar de fim de semana

Ao contrário do que habitualmente costumo fazer, hoje não vou publicar uma só receita culinária, mas sim um conjunto de várias receitas, que todas juntas formam a minha sugestão para um jantar inspirado na cozinha tradicional Grega. Achei oportuno publicá-las neste dia, como forma de assinalar a abertura dos Jogos Olímpicos que tem hoje, o seu início em Beijing, na China, mas que como toda a gente sabe tiveram origem na Grécia Antiga

Preparei esta refeição, para mim e para o Husband no passado dia 2 de Agosto, para comemorar o 3º aniversário do dia em me mudei definitivamente para os E.U.A. O jantar foi muito apreciado por nós os dois. Espero que seja também do agrado geral.

Enjoy!

Jo

 

 Souvlaki

O Souvlaki é um prato muito popular na Grécia, e é servido também em todos os restaurantes gregos espalhados pelo mundo. Consiste essencialmente numa espetada de carne de porco, que pode ou não levar vegetais, e pode ser servido no espeto, em travessa ou em pão pita.

 

1 Kg de carne de porco, cortada em bocados

2 cebolas médias cortadas em bocados

2 pimentos (verde, amarelo ou vermelho) cortados em bocados

1/4 de chávena de azeite

1/4 de chávena de molho de soja

sumo de 1 limão

3 dentes de alho, picados

1 colher de chá de oregãos

6 espetos

 

Numa tigela grande misture bem o azeite, o molho de soja, o sumo de limão, o alho picado e os oregãos. Junte a carne e os vegetais, e mexa até envolver tudo muito bem. Cubra e deixe marinar no frigoríco pelo menos 2 horas.

Pré-aqueça o grelhador para uma temperatura média-alta.

Vá espetando a carne no espetos e alternado com os pimentos e a cebola. Unte a grelha com azeite ou óleo, e deixe cozinhar as espetadas mais ou menos 10-15 minutos de cada lado, até a carne estar cozinhada.

Nota: Se usar espetos de madeira, quando puser a carne a marinar, não se esqueça de pô-los também a demolhar em água fria, para que depois não queimem no grelhador.

 

Salada Grega

Esta é uma salada que combina os mais emblemáticos sabores da cozinha tradicional da Grécia: as azeitonas, o queijo feta e os oregãos. Originalmente é servida assim, mas pode ser-lhe também acrescentada alface, se assim pretendido fôr. Acompanha bem qualquer tipo de grelhado.

 

2 tomates cortados em rodelas

1 pepino descascado, e cortado em rodelas

1 chávena de azeitonas prestas, descaroçadas

1/2 cebola roxa cortadas em rodelas ou meias-luas

1 chávena de queijo feta, esfarelado

4 colheres de sopa da azeite

1 colher de chá de oregãos

sumo de meio limão

sal e pimenta preta a gosto

 

Disponha o tomate e o pepino numa travessa. Por cima arranje a cebola e as azeitonas e polvilhe com o queijo feta.

Num recipiente com tampa, mistura o azeite, o sumo de limão, os oregãos, o sal e a pimenta. Feche bem e agite enérgicamente até obter uma emulsão. Regue a salada com este molho e deixe repousar 30 minutos para que todos os sabores sejam bem absorvidos. Sirva fresca.

Nota: Se desejar pode partir os vegetais em cubos, misturar com os demais ingredientes, envolver tudo no molho, e servir numa saladeira. Tenha atenção à quantidade de sal que utilizar na preparação do molho para a salada, pois o feta só por si já é bastante salgado.

 

 Batatas com Oregãos

Por ser uma refeição tipo fast food, o Souvlaki é habitualmente servido com palitos de batata frita. Para tornar este acompanhamento mais saudável e menos calórico, optei por esta versão da batata assada no forno, e juntei-lhe uns oregãos para a torná-la mais mediterrânea. Aqui, preparei a receita com batata doce, mas tambem pode ser preparada com batata branca.

 

6 batatas doces, médias, cortadas em palitos

1 colher de chá de azeite

sal, pimenta preta, paprika e oregãos a gosto

 

Pré-aqueca o forno a 200º C (400 F).

Numa tigela misture o azeite com os restantes temperos. Acrescente as batatas de uma só vez e envolva bem no molho.

Disponha-as num tabuleiro untado com azeite, de modo a que formem uma só camada. Leve a assar no forno pré-aquecido, durante 30-40 minutos. Convém ir verificando para não queimarem. 

Nota: Por serem assadas e não fritas, no seu resultado final, estas batatas não se apresentam muito crocantes. Porãm na minha opinião, o que perdem em textura, ganham em paladar. Em vez dos oregãos pode utilizar qualquer erva aromática de sua preferência, ou até mesmo omitir. Aliás, os temperos utilizados podem ser alterados conforme o gosto pessoal e/ou a imaginação de cada um.

 

 Molho Tzatziki 

O Tzatziki é um molho feito com iogurte e pepino, e é geralmente servido como condimento  das Pitas ou Gyros. No entanto pode acompanhar também carnes grelhadas, ou servir como dip para as batatas fritas e vegetais crús, tais como, talos de aipo ou cenouras baby. A sua preparação é muito simples, porém morosa, pois dever ser iniciada com 6 a 8 horas de antecedência, ou no dia anterior.

 

2 iogurtes naturais

1 pepino

1 dente de alho esmagado

1 colher de chá de azeite

 

Descasque o pepino, retire-lhe as sementes e rale-o na parte mais grossa do ralador de queijos. Coloque-o num passador, com um recipiente por baixo, tempere com um pouco de sal grosso e deixe escorrer todo o líquido. Este processo dever ser feito com 6 a 8 horas de antecedência.

Num passador, com um recipiente por baixo, coloque um pano branco, ou um filtro de café, e verta lá para dentro os iogurtes. Deixe escorrer todo o soro. Este processo deve ser feito com 6 a 8 horas de antecedência, ou mesmo no dia anterior.

Seque bem o pepino com a ajuda de papel de cozinha e ponha-o numa tigela. Acrescente os restantes ingredientes e mexa bem, sem bater, até que tudo se apresente bem incorporado. Guarde no frigorífico pelo menos 30 minutos antes de servir.

Nota: Este molho pode ser temperado com um pouco de hortelã picado. Eu não utilizei por uma questão de gosto pessoal. Embora a receita original não utilize, eu acrescentei uma colher de chá de maionese, para dar gosto e aumentar a textura cremosa.

 

Catálogo de vôos:
Palavra de Joanina às 18:55

link do post | bote palavra | favorito
|
3 comentários:
De leuqar a 8 de Agosto de 2008 às 21:35
hum... que belos... nunca provei cozinha grega, mas já da para ver que deve ser mesmo boa
De Joanina a 9 de Agosto de 2008 às 19:34
Eu acho a cozinha grega deliciosa!!! E outra coisa que também adoro e o vinho deles!! Quando tiveres oportunidade não deixes de experimentar... Ambos!!
Bom fim de semana!
Bj da Jo
De Miga Edu a 11 de Agosto de 2008 às 16:56
Olá Miga, acreditas que ainda a semana passada fiz uma saladinha parecida com esta, só que a minha levava também beringela salteada, o que combina muito bem com os outros ingredientes.
Era a salada mediterrânica.
Tão boa, que comi uma travessa inteira como jantar.

Comentar post

Joanina (sem agá), sou eu!

Carimbo de vôo:

O Blog da Joanina
Selo

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

Horas de vôo:

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Caso ainda não tenham not...

Caso ainda não tenham not...

Feijoada de Frango

"Only divine order here."...

É tudo farinha do mesmo s...

Walk-n-Tone

Oráculo Chinês

Honestamente

Súplica

Um dia

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

Madrinha de vôo:

Azoriana Blog
Azoriana Blog

Carta de vôos:

Vôos contados:

inteliture.com
search engine optimization
Creative Commons License
O Blog da Joanina está licenciado sob uma Licença Creative Commons.
blogs SAPO