Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

Terceira, minha menina

                   

         

Terceira, minha menina
 
Terceira tão linda flor
Neste abraço de amor
Afogo minha saudade
Desde que de ti parti
Só tenho olhos para ti
E ser ilhéu é mais verdade
 
Esta alma de emigrante
É um mistério intrigante
Que eu não sei explicar
É ter lava de um vulcão
A atear no coração
A espr’ança de regressar
 
É ser basalto a pulsar
Por entre a espuma do mar
Nos rochedos a bater
É ter tristes, negros olhos
E enfeitar da saia os folhos
Com brumas de entardecer
 
Do outro lado do mundo
O meu sentir é profundo
E é triste este meu canto
E neste abraço de bonina
Terceira, és minha menina
Eu te amo e te quero tanto!
 
Paula Belnavis (Jo)
30 de Maio de 2008
 
Eu sempre, sempre quis fazer um poema e dedicá-lo à minha ilha Terceira!... Era assim como que um sonho que eu tinha... Queria dizer à minha ilha, de uma forma que fosse bonita, o quanto eu gosto dela e o quanto ela siginfica para mim! Queria dizer-lhe que estou aqui longe, mas penso nela a toda a hora, e trago-a sempre comigo. Queria que a minha ilha soubesse que eu não a abandonei... Que mesmo estando longe, continuo a ser dela... E ela continua a ser minha!!... Só que como eu não sabia rimar, a tarefa não se apresentava fácil, e o sonho parecia distante e impossível...
A semana passada, pela mão e incentivo da minha madrinha Azoriana, comecei a dar uns "toques" na rima... Hoje fui ao blog dela, e vejo lá um poema lindo, que ela fez à nossa ilha Terceira!!... Inspirei-me no poema da Azor, e como até tenho andado com uma certa nostalgia nestes últimos dias, o clima porporcionou-se e eu concretizei o meu sonho poético!! Não tem grande valor literário, eu sei, este meu sonho concretizado... Mas foi feito com carinho e muita emoção... E é o poema que eu dedico à minha ilha!!!
Jo
 

(foto tirada da net) 

Hoje sinto-me: Terceirense
Catálogo de vôos: , ,
Palavra de Joanina às 04:44

link do post | bote palavra | favorito
|
35 comentários:
De Lala a 30 de Maio de 2008 às 10:10
Amiga Joanina.
o poema é lindíssimo, as rimas estão perfeitas, e sabes porquê?
Porque foram feitas com o coração e com os sentimentos de uma açoreana que está longe, mas tem a sua ilha no coração.
Parabéns.
Bjinhos da Lala
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 15:38
Obrigada Lala! Este poema foi mesmo feito, como se costuma dizer "com o coração nas mãos ", e ainda bem que consegui transmitir isso. Bj da Jo
De Azoriana a 30 de Maio de 2008 às 12:26
Não tenho palavras, só aplausos. Está MAGNÍFICO!

Eis o meu grito: LINDO! LINDO!

Fico tão feliz por ser culpada deste teu sonho vir à tona. Tens a alma de poeta a pulsar dentro de ti. Aproveita todos os momentos, especialmente os que dizes serem mais nostálgicos, e deita cá para fora essa veia poética que nos encanta.

Vou tratar de realçar o teu poema imaculado, pois ele não pode ficar na parte do comentário apenas.

Minha querida amiga, estou feliz por ti, acredita. Já sei quem te deu esse nobre impulso... Foi aquela de ontem, lembras?

Beijinhos e Parabéns! Apetece só dizer: lindo, lindo, lindo................
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 15:42
Obrigada pelo teu entusiasmo!! És culpada, és inspiração , és incentivo, és uma grande amiga!!!... E eu acho que "aquela de ontem" pôs um anjo no meu caminho... e esse anjo és tu!!! Bj da Jo
De Azoriana a 30 de Maio de 2008 às 17:33
Se um anjo é não ter pecados, não sou anjo nenhum; mas se um anjo é gostar de ver a minha/nossa terra cantada assim põe anjo nisso. :)

A pena que tenho não a posso revelar aqui assim mas deves calcular qual é.

A sorte que tenho é ter encontrado pessoas amigas (como tu) que até são de cá mas estão muito longe e com este meio ficam mais perto e também me vão dando muito incentivo e me puxam para fora da minha "conchinha".

Às vezes, a minha "conchinha" também me inspira. A minha "conchinha" é óptima conselheira e também me dá sorrisos.

Beijinhos
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 22:57
Eu nunca te disse, mas tenho este teoria, que os verdadeiros amigos amigos são anjos que Deus põe no nosso caminho em determinadas alturas da nossa vida... Tu es uma verdadeira amiga, e acho que Deus agora esta a pôr-te no meu caminho! Ontem tive essa confirmação, pois ontem foste tu que me puxaste para fora da minha "conchinha"! Bj da Jo
De Mena a 30 de Maio de 2008 às 12:50

Querida Jo!
Que lindo poema!
No meu fraco entender este poema tem muito valor literário.
Sabes porquê?
Porque quem lê este poema consegue sentir o carinho que sentes pela nossa ilha, e a emoção com que o fizeste, transparece nas palavras lindas e tão açorianas com que honras-te a nossa linda Terceira.
Adorei.
Parabéns por teres realizado o teu sonho e obrigado por enalteceres a nossa TERRA.
Beijinhos
Mena

De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 15:44
Querida Mena, obrigada pelas tuas palavras!! Este poema foi feito mesmo com emoção, e fico feliz por isso transparecer!! Bj da Jo
De Liliana a 30 de Maio de 2008 às 14:22
Está lindo Jo !
Tenho um azedume tão grande por ainda não conhecer os Açores e a tua ilha!! Mas já terá faltado mais!
Beijokas
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 15:47
Obrigada Lili!
Tens de forçosamente ir conhecer as nossas ilhas dos Açores !!! Mas quando fores, vai numa altura em que eu lá esteja, que e para nos encontrarmos!! Bj da Jo
De Liliana a 30 de Maio de 2008 às 15:55
Combinado!
De tragamonedas en vivo a 2 de Fevereiro de 2009 às 15:57
De hecho, todavía no conozco a Azores, pero tu poema me ha dado ganas de visitarlos. Felicitaciones por el blog y el poema.
De Joanina a 3 de Fevereiro de 2009 às 00:37
Muchas gracias! (que e e única coisa que sei dizer em espanhol)
Os Açores são ilhas lindas que deve visitar, pois vai gostar com certeza.
Obrigada pelo comentário tão simpático Volte sempre!
Bj da Jo
De Manuela a 30 de Maio de 2008 às 15:16
Adorei o teu poema. Ficou MESMO lindo

Tu tens jeitinho, moça!

Muitos beijinhos e bom fim-de-semana.
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 15:49
Overigada, overigada, amiga Manelinha!!! Bom fim de semana pa ti também !!! Bj da Jo
De covadaserreta a 30 de Maio de 2008 às 19:09
ja vezitei o seu blog algumas vezes mas hoje nao posso passar sem deixar um comentario nao sei rimar nem escrever poemas mas se soube-se tinha escrito o mesmo porque e muito bonito e tocou no fundo de outra alma terceirence que tambem estou na california na cidade de artesia mas com o coracao na terceira
um abraco terceirence
Genuina
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 23:11
Querida Genuína, primeiro quero agradecer-lhe o seu comentário!! Nem sabe o que ele significa para mim, e o quanto ele me fez feliz!! Ter um comentário de uma emigrante terceirense como eu que vive aqui nos EUA, e que ainda por cima e quase minha vizinha!!... E que também escreve sem acentos, pois os nossos teclados não se amanham com coisas tais!!:))))
Sabe, eu vivi algum tempo em Los Angeles e fui muitas vezes a Artesia !! Fui ao hall português ver bailhinhos de Carnaval, fui as Festas do Espírito Santo... De vez em quando ia ai para matar as saudades e ouvir falar português a moda da minha terra. Agora estou mais longe, e fica mais difícil ir para esses lados... Tenho pena pois quando ai como que me sentia um bocadinho em casa. Aqui dizem-me que tambem ha portugueses, mas eu ainda nao encontrei nenhum. E so "amaricanos", so "amaricanos"! :))
Fico muito feliz de saber que tenho uma "vizinha" que lê o meu blog e que me entende, pois sabe tão bem quanto eu como as vezes e difícil estarmos longe da nossa terra!
Volte sempre!
Um abraço apertado da Jo!
De covadaserreta a 6 de Junho de 2008 às 04:13
ola Joaninha nao sei a que distancia esta de artesia mas quero-a convidar para a festa de Sao Joao que a partir de agora passa a ser no segundo domingo de junho sabado temos sardinhas assadas para quem gosta mas nao sou eu e marchas. A festa do espirito santo e no ultimo fim de semana de julho,se algum dia vier a Artesia gostava de a conhecer
Genuina
De Joanina a 6 de Junho de 2008 às 05:44
Cara Genuina, agadeco imenso o seu convite! Eu moro em Lompoc, que fica mais ou menos a 3 h de distancia de Los Angeles e penso que da Artesia tambem. Nos temos planeado passar um fim de semana em Los Angeles visto que vivemos la quase 2 anos e deixamos la amigos. Ainda nao sabemos a data, mas quando souber entro em contacto consigo. Se houver oportunidade iremos a Artesia que e um lugar de que eu muito gosto, pois tem um cheirinho a Terceira! :))) Tambem gostava muito de a conhecer. Se algum dia vier para estes lados diga-me tambem. Mais uma vez obrigada pelo seu convite! Bj da Jo
De Anónimo a 30 de Maio de 2008 às 21:28
Ola JO so quem esta longe do que ama VERDADEIRAMENTE e´que consegue espressar este tipo de sentimento.um dia ouvi uma espresao sobre os imigrantes que me fez pensar muito,OS IMIGRANTES QUANDO IMIGRAM NUNCA MAIS TEM UMA ALMA DESCANSADA SOFRAM COM A SAUDADE E A DESPEDIDA E TORMAM A SOFRER QUANDO VOLTAM PELAS AMIZADES QUE FICAM,amiga os teus poemas sao de uma imigrante com muitas saudades,e que ama a sua terra mesmo que pequenina.JO fica bem bj com amizade XANA.
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 23:18
Olá Xana! Obrigada pelas tuas palavras!! E realmente uma coisa difícil e complicada esta de ser emigrante, e essa frase que citaste e bem verdade!! Sabes que havia as vezes certas coisas que eu via ou ouvia os emigrantes dizerem ou fazerem que eu não entendia, e hoje entendo-as todas!! Parece que adquirimos uma alma diferente, e a nossa terra, as nossas gentes, as nossas tradições , tomam um importância tal e cativam um lugar nosso coração , que parece ele transborda e não há sequer lugar para mais nada!! E ao mesmo tempo intenso, interessante e doloroso... Bj com amizade também para ti! Jo
De Maria a 30 de Maio de 2008 às 22:04
Parabéns Joanina, lindo poema.

Bom Fim de semana Bjs
De Joanina a 30 de Maio de 2008 às 23:18
Obrigada Maria! Bom fim de semana também para ti! Bj da Jo
De Azoriana a 31 de Maio de 2008 às 01:45
O teu sotaque terceirense
Encantou esta serretense
Que p'ra Angra se mudou.
Não deixei de ser quem era
Mas agora a blogosfera
A todas aqui juntou.

A D. Genuína também
É uma amiga que tem
O coração na Terceira.
Uma emigrante atenta
Que decerto não aguenta
A saudade que a abeira.

"Terceira, minha menina"
É uma cantiga fina
Moldura do coração.
E quem sente o que sentes
E deixou cá os parentes
Canta com mais emoção.

Hoje tive mais uma prova
Que essa faceta nova
Tem raízes cá na ilha.
É a saudade que faz
O emigrante ser capaz
D' embelezar a sextilha.

Beijinhos e bom fim de semana.
Da amiga Rosa Maria
De Joanina a 31 de Maio de 2008 às 01:52
E nem mais!!! Acabou de desligar o "talafone" e já bou um rima!!! :)))))) Eu cá ainda não consigo ser assim tão repentista! ;))) Tu es demais, melher! Mas vou me concentrar para ver se consigo responder a maneira... Entretanto vou comer uma pizza e mais o husband!!! Bj da Jo
P.S. Adorei falar contigo!!!
De salome a 31 de Maio de 2008 às 10:29
Amiga Jo seu poema está magnifico.Não diga que não tem valor literário pois acho que tem muito,e vou-lhe dar uma sugestão.Acho que deveria colocar aqui na página um aviso para ninguém copiar,pois tenho amigos por aqui que já viram seus trabalhos copiados,e colocados em outros blogs,e não davam crédito ao autor,simplesmente diziam que eram seus.Beijinhos,e bom fim de semana.Salomé
De Joanina a 31 de Maio de 2008 às 14:29
Amiga Salomé , obrigada pelas suas palavras tão queridas!!! E tem razão , vou tratar de fazer o que sugeriu... Não tinha ainda pensado nisso. Obrigada por me lembrar. Um bom fim de semana! Bj da Jo

Comentar post

Joanina (sem agá), sou eu!

Carimbo de vôo:

O Blog da Joanina
Selo

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

Horas de vôo:

Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Vôos recentes:

Caso ainda não tenham not...

Caso ainda não tenham not...

Feijoada de Frango

"Only divine order here."...

É tudo farinha do mesmo s...

Walk-n-Tone

Oráculo Chinês

Honestamente

Súplica

Um dia

Vôos passados:

Dezembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Catálogo de vôos

todas as tags

Pesquisa:

 

Altos vôos:

SER FELIZ... APESAR DE TU...

O CULTIVO DAS ROSAS

Eternamente

Carta à minha tia Bió

Carta para a minha Mina K...

O POETA E O GATO

És isto.. E muito mais!

À «Joanina» dos Açores

Oh minhas meninas, Helloo...

Para onde vôo:

Madrinha de vôo:

Azoriana Blog
Azoriana Blog

Carta de vôos:

Vôos contados:

inteliture.com
search engine optimization
Creative Commons License
O Blog da Joanina está licenciado sob uma Licença Creative Commons.
blogs SAPO